.


Secretaria de Estado do Turismo em parceria com o Sebrae/RN e o Instituto Vivejar promove Intercâmbio de Saberes para fortalecer o turismo de base comunitária

A missão técnica está sendo realizada entre os dias 25 a 27 de junho, proporcionando aos participantes a oportunidade de vivenciar de perto o turismo comunitário

Voltar Página | SETUR 14/07/2024

Fotógrafo: Maiakovski Pinheiro

A Secretaria de Estado do Turismo do Rio Grande do Norte, em parceria com o Sebrae/RN e o Instituto Vivejar, executa a ação "Intercâmbio de Saberes", uma das iniciativas dentro do Projeto de Desenvolvimento do Turismo de Base Comunitária com Comunidades Tradicionais do Rio Grande do Norte. A viagem de intercâmbio está sendo realizada entre os dias 25 a 27 de junho, proporcionando aos participantes a oportunidade de vivenciar de perto o turismo comunitário em três destinos na Paraíba: Comunidade Chã de Jardim, Engenho Triunfo e Comunidade Quilombola Cruz da Menina, além de outros empreendimentos comunitários e familiares, promovendo diferentes olhares e vivências.

A secretária de Turismo do Estado, Solange Portela, destaca a relevância desta iniciativa: "A realização do Intercâmbio de Saberes representa um avanço para o turismo de base comunitária, permitindo uma integração entre comunidades e instituições. Esta vivência é uma oportunidade para a troca de experiências e conhecimentos, reforçando a valorização cultural, o desenvolvimento sustentável e o fortalecimento das políticas públicas do setor, além de possibilitar ideias para melhorias nos roteiros turísticos que estão sendo estruturados com este projeto”.

“Este projeto é essencial para diversificar nossa oferta turística, capacitando comunidades tradicionais na estruturação de experiências e roteiros adaptados à sua realidade. Nosso objetivo é valorizar a diversidade cultural e natural do Rio Grande do Norte” afirmou Yves Guerra, Analista Técnico e Gestor de Turismo do Sebrae RN.

Por meio da ação, os participantes terão a chance de conhecer outras realidades, aprender com os desafios e conquistas de diferentes organizações, e compreender a importância do trabalho coletivo para o avanço do turismo responsável e sustentável. 

"O Intercâmbio de Saberes tem o objetivo de promover a troca das comunidades participantes com outras experiências de turismo, tanto de base comunitária quanto empreendimentos familiares, de cooperativismo e associações. Conhecer essas diversas formas de atuações no turismo na prática permite que os participantes conheçam as questões de organização, os desafios, como foram superados, e voltem cheios de inspirações para multiplicar junto às suas comunidades e grupo de trabalho para o turismo", complementa Ana Rosa, Gestora do Projeto do Instituto Vivejar.

Destinos da viagem:

Comunidade Chã de Jardim - Areia (PB):
Localizada a 134 km de João Pessoa e próxima de Areia/PB, a comunidade é conhecida por possuir o último 1% da Mata Atlântica de Brejo de Altitude da Paraíba. Inicialmente voltada para trilhas, a comunidade agora oferece experiências turísticas que incluem oficinas de artesanato, piqueniques na trilha e o Restaurante Rural Vó Maria, tudo realizado pela cooperativa local.

Engenho Triunfo - Areia (PB):
Fundado em 2001 por Antônio Augusto e Maria Julia, o Engenho Triunfo se destaca pela produção de cachaça e pelo impacto positivo na comunidade, gerando empregos e atraindo visitantes. Em 2024, o engenho completa 30 anos, celebrando a transformação social e econômica que proporcionou à região.

Comunidade Quilombola Cruz da Menina - Dona Inês (PB):
Reconhecida como remanescente de quilombo em 2008, a comunidade valoriza e fortalece a cultura afro-brasileira. Com 110 famílias, o quilombo utiliza o turismo de base comunitária para promover e preservar suas tradições culturais, incluindo o grupo de dança afro Oxumaré.