.


Aéreas sinalizam disposição para impulsionar turismo no RN

Durante encontros em São Paulo entre representantes do governo do estado e das companhias aéreas, as operadoras demonstraram atenção ao Rio Grande do Norte quanto à oferta de voos

Voltar Página | SETUR 14/04/2024

Após a Zurich Airport Internacional assumir as operações do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, as companhias aéreas demonstraram que pretendem contribuir para impulsionar o turismo no estado. A sinalização ocorreu em São Paulo, durante uma agenda de encontros entre as secretárias de Turismo do RN (Setur-RN), Solange Portela, e Executiva de Receita da Secretaria de Fazenda (Sefaz-RN), Jane Araújo, que representaram o Governo do Estado, junto aos principais executivos da Gol, Latam e Azul. A diretora da Empresa Potiguar de Promoção Turística do Rio Grande do Norte, (Emprotur-RN), Roberta Duarte, também integrou a comitiva potiguar. As reuniões ocorreram no período entre o dia 22 e o fim da tarde desta sexta-feira (23). 

A proposta dos encontros provocados pelo executivo estadual foi estabelecer uma maior aproximação com as companhias, que contam com incentivos fiscais do RN para o querosene de aviação (QAv), com foco no fortalecimento do turismo, para o qual a consolidação da malha aérea é decisiva.  

O objetivo da aproximação é impulsionar o setor turístico e a conectividade aérea, o governo do RN busca identificar e promover destinos considerados mercados emissores potenciais. A intenção é incentivar as companhias a expandirem suas malhas aéreas, adicionando rotas que levem ao estado, ou mesmo aumentando a frequência de voos em rotas já existentes.

A decisão é respaldada pelo índice de ocupação das aeronaves em rotas para o Rio Grande do Norte, justificando a necessidade de atender à crescente demanda. O governo destaca sua atuação em campanhas cooperadas, evidenciando a sinergia entre a Setur- RN e a Emprotur-RN com o trade turístico. Essas parcerias visam realizar ações promocionais tanto no mercado nacional quanto no internacional. 

“Saímos otimistas dessas reuniões e percebemos que algumas companhias aéreas com relação ao decreto estão com boa performance, outras já iniciaram o incremento na malha aérea a partir de 2024. Mas, de maneira geral, as companhias se mostraram disponíveis a continuar a cumprir o termo de adesão”, finaliza Solange Portela, Secretária de Turismo.

No segundo semestre do ano passado, conforme  os decretos vigentes, foram implementadas algumas adaptações, visando assegurar o cumprimento das normativas, assim como permitir um acompanhamento efetivo do crescimento da malha aérea. A estratégia concentra-se em monitorar de perto o incremento das rotas e avaliar o impacto dessas mudanças. Daí a importância da aproximação do estado com o setor.

A delegação foi recebida, no primeiro compromisso com a Latam, pelos gerentes de tributário, Letícia Pimentel, e de relações governamentais, Eduardo Macedo, bem como os consultores tributário, Bruna Dantas, e de relações governamentais, Antônio Karp, da companhia. No caso da Gol, a agenda foi com os executivos das áreas de planejamento de malha, Bruno Balan (gerente), Márcio Ribeiro (consultor) e Elza Franco (especialista), e do jurídico institucional, Marcos Tognato (consultor), Cássio Zenellato (advogado), além do gerente comercial da Gol, Luis Henrique Moz. No encontro com os executivos da Azul, a comitiva se reuniu com o gerente de planejamento de malha da companhia, Vitor Silva.

“O resultado geral das conversas com as companhias foi bastante positivo. Os diretores das três áreas ratificaram o compromisso com o estado e disposição para investir no destino RN, o que consolida essa parceria com o governo do estado”, avalia Jane Araújo, ao lembrar que para garantir a desoneração do principal insumo do setor aéreo, as empresas devem cumprir metas pré-estabelecidas pela Fazenda Estadual. 

Aeroporto em pauta

Em uma abordagem proativa, as discussões durante as visitas abrangeram o planejamento para 2024, considerando o cenário em que a gestão do Aeroporto Internacional da Grande Natal, localizado em São Gonçalo do Amarante foi transferida para a Zurich Airport Brasil. A parceria entre a Zurich e as companhias aéreas é crucial nesse contexto, e as recentes interações demonstram um diálogo contínuo para fortalecer a captação de novos voos e o aumento da malha aérea, com o objetivo de aumentar o número de passageiros em 500 mil em 2024.

Durante as negociações, foi enfatizado o engajamento das companhias aéreas no programa "Conheça o Brasil", destacando o evento "Feirão do Turismo" agendado para maio. O Rio Grande do Norte se compromete a participar ativamente desse programa e busca o apoio das companhias aéreas para oferecer voos com preços competitivos e atrativos, alinhando-se às iniciativas do Ministério do Turismo nesse diálogo estratégico. O objetivo é proporcionar opções vantajosas aos consumidores finais e fortalecer o posicionamento do estado como um destino turístico de excelência.